Untitled Document

  Ações

  

Infraestrutura

Gestão de Recursos Naturais

 -

A gestão racional e integrada dos recursos hídricos se tornou fundamental para a promoção da paz social e da segurança global. Estima-se que as demandas de água aumentem em 40% até 2050 e que 1,8 bilhão de pessoas em breve vivam em países ou regiões afetadas pela escassez hídrica.  

Atualmente, 750 milhões de pessoas não têm acesso a água própria para o consumo, enquanto cerca de 2 milhões de crianças abaixo dos 5 anos de idade morrem a cada ano por falta de água potável e de saneamento adequado.  

Estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, para cada dólar investido em água e saneamento, economizam-se 4,3 dólares em saúde global.  

A simples manutenção das Áreas de Preservação Permanentes (APPs) em áreas urbanas e rurais possibilita a valorização da paisagem e do patrimônio natural, contribuindo para o bem das comunidades, agregando valor ecológico, histórico, cultural, paisagístico e turístico.  

As APPs exercem funções sociais e educativas, propiciando oportunidades de encontro e contato com os elementos da natureza, educação ambiental, práticas esportivas, lazer e recreação. Com isso, oferecem uma maior qualidade de vida às populações, principalmente as urbanas, que representam em torno de 85% da população do Brasil.  

 

Proposições  

- Investir na propagação do conhecimento utilizando multiplataformas, a fim de difundir o uso de técnicas e ferramentas que façam uso racional dos recursos naturais nos processos produtivos, criando índices e metas claras de acompanhamento e desenvolvimento, inclusive com monitoramento do retorno ambiental nas áreas de aplicação do conhecimento.  

- Investir na recuperação de áreas de preservação permanentes e degradadas, utilizando espécies nativas, de aproveitamento econômico, com plano de manejo sustentável.  

- Patrocinar projetos que aumentem os ativos ambientais, bem como o uso racional dos recursos naturais, com especial atenção aos corpos hídricos.  

- Investir em campanhas para educação dos empreendedores quanto aos hábitos de preservação, recuperação e cuidados com recursos naturais.  

- Promover fóruns permanentes de diálogos com entidades de preservação e conservação dos recursos naturais, bem como entre os empreendedores.  

- Fazer o estudo e redesenho da topografia de áreas críticas, com o intuito de melhorar o escoamento e a infiltração das águas pluviais que, além de manter o solo úmido, evita a erosão, a lixiviação, propiciando a retenção de elementos solúveis do solo, permitindo a intensificação da produção.  

- Investir na construção de barragens de todos os portes, a fim de ajudar na infiltração de água no solo, aumentar produtividade do terreno, alimentar os mananciais hídricos e assegurar o abastecimento de água.  

- Promover a desconcentração populacional, regulamentando a criação de comunidades sustentáveis, com características de condomínio que contemplem atividades com finalidade lucrativa e atividades de interesse público sem finalidade de lucro.  

- Investir em empreendedores que inovarem em processos produtivos capazes de reduzir a emissão, tal como a captura e sequestro de carbono.  

- Promover a integração entre governo, empresas e cidadãos, em função da necessidade do entendimento coletivo sobre a gestão dos resíduos.  

- Investir no monitoramento em tempo real das áreas destinadas ao recolhimento de materiais reutilizáveis e recicláveis, bem como os de descarte final.  

- Apoiar práticas que visem o consumo sustentável, tendo como fluxo NÃO CONSUMO > REDUÇÃO > REUTILIZAÇÃO > RECICLAGEM > DESCARTE.  

 

 

 




Sobre


O Movimento




As Ideias




Fundadores




Blog




Pilares


Ambiente Regulatório




Acesso a Capital




Mercados




Inovação




Infraestrutura




Capital Humano




Cultura Empreendedora




Saiba Mais


Participe Conosco




Parceiros




Contato





 
Movimento Brasil+Empreendedor